Parábola dos 3 Pedreiros

Esta história é antiga mas muito útil para representar a ruptura de um modelo de gestão acelerado pela Pandemia.

Imagine que você é o novo Chefe de Obras recém contratado para dar sequência a uma construção que se arrasta por por anos e não se desenvolve. No primeiro dia de trabalho você ganha uma mochila, um caderno, uma caneta, uma caneca e uma camiseta com um bilhetinho que diz: #seusimchegou. Bem, você ignora os mimos e vai conhecer o local. Passando pelo canteiro de obras, você se depara com 3 pedreiros trabalhando. Curioso como todo líder deve ser, você pergunta ao primeiro dos pedreiros:

– Oque você está fazendo? E ele responde:

– Estou quebrando pedras, não vê? Morrendo de dor nas costas, a construção desta parede ainda vai me matar, eu não suporto mais este lugar. Expressando em seu tom de voz total descontentamento pelo trabalho que estava executando. Você ainda curioso, resolve perguntar para o segundo pedreiro a mesma coisa:

– Oque você está fazendo? E ele responde: Estou ganhando dinheiro, deixando o flow da vida me conduzir. Construo uma parede hoje, outra amanhã. Infelizmente foi só este trabalho que eu consegui. Está bom assim, contanto que eu possa levar pão e prover algum lazer para a minha família. Você indignado com a resposta, pergunta então ao terceiro pedreiro:

– E você, o que você está fazendo? Ele abre um sorriso nos olhos ( porque está usando máscara como todos os demais :)) E responde: Eu estou construindo uma Catedral!

Conseguem ver aqui as três diferentes perspectivas que cada um dos pedreiros lhe manifestou frente ao seu trabalho? Na vida atual também estamos vivendo este loop de perguntas e respostas e não estamos fazendo muito para mudar o cenário. As principais lições que tiramos desta parábola são básicas:

  • Se você é o líder recém contratado ou não, é responsável por garantir que essa pergunta seja feita com frequência para assegurar que todos estão alinhados na mesma Missão, e Visão esperada pela empresa.
  • Esta obra em construção, pode ser chamada de propósito e muitas vezes pode ser chamado de projeto de vida, e não um emprego para outros.
  • Daniel Costa em seu livro: Não há Gestão sem Comunicação, ainda retrata a diferença de um profissional Motivado e um profissional Engajado: há ligação entre a causa da organização e o propósito pessoal. “Não é difícil para uma empresa motivar as pessoas, ela usam dinheiro e squeeze para isso. Complicado é obter o engajamento necessário para construir catedrais.
  • O terceiro pedreiro, é o profissional que assenta os tijolos com prumo, “desperdiça” menos material, usa os equipamentos de segurança e apaga a luz da obra quando vai embora sem ter que alguém lembrar ele disso. Sua tarefa é a mesma que a dos outros dois pedreiros, mas ele vai embora realizado e com uma expressão diferente ao contar para os amigos e a família no que ele trabalha.
 
  • A Comunicação, ao meu ver, ainda é o maior diferencial imposto intrinsicamente nesta parábola. Se você está em uma posição de Liderança, você é responsável por transformar as perspectivas de trabalho de um colaborador de forma que ele se sinta conectado a ela. Construir paredes qualquer um constrói, algumas empresas inclusive preferem contratar pedreiros que só enxergam a parede e não fazem muitas perguntas sobre o que aquilo irá se tornar. Mas o desafio do bom Líder mesmo é ter construtores de Catedrais.
  • Por fim, como chefe de obras ou melhor, Líder, você será desafiado várias vezes a responder com clareza porque construir uma Catedral é importante. Por isso a Comunicação Integrada ( Mercadológica, Institucional e Interna) precisa estar alinhada com o Planejamento Estratégico do dono da Obra. Não basta chegar um belo dia na obra e dizer que as paredes que estão construindo é para uma Catedral. Você precisará garantir que estará recebendo informações transparentes do proprietário da obra sobre a execução durante todo o projeto, este é o papel contínuo da CI.

Agora me diz : você sabe para qual grande obra você foi contratado? Tem certeza de que construir esta obra é importante para o seu significado como sociedade? Se está seguro de que isso vale a pena, já contou isso aos colegas hoje? Não deixe contigo – COM.unique.SE!

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *